Como Controlar a Diabetes Sem Remédios?

Como Controlar a Diabetes Sem Remédios?

Apesar de não ser o único fator, podemos classificar a diabete como uma doença que está muito relacionada a hábitos alimentares das pessoas, além de claro, fatores familiares como a genética que pode acompanhar por um caso de diabetes na família. Devemos ter em mente que sozinho nenhum alimento ou dieta regrada faz milagre, porém, uma alimentação saudável pode trazer muitos benefícios aos portadores da doença. Você vai entender em nosso artigo que a alimentação é um fator muito importante para que a diabetes seja controlada, vamos citar também alguns alimentos com baixo índice glicêmico que são recomendados pelos especialistas na área. Mas primeiro, vamos entender um pouco melhor ela e a maneira que a diabetes pode se manifestar no nosso corpo.

 

Diabetes e seus tipos

De maneira geral ela pode ocorrer em três tipos, são eles a diabete tipo 1, tipo 2 e a diabetes pré-gestacional. Cada uma tem suas características e por isso vamos falar sobre elas de maneira singular.

A diabetes do tipo 1 se caracteriza quando o nosso pâncreas perde a capacidade de produzir a insulina, com algum tipo de problema que esteja passando pelo organismo do paciente. Com isso, os anticorpos começam a atacar as células que fazem a produção deste hormônio no corpo, com está falta de produção pelo nosso corpo, o açúcar fica parado em nosso sangue, causando assim todos os problemas deste tipo de doença. Os seus principais sintomas são, fadiga no corpo, náuseas e vômitos constantes, fraqueza no corpo (Indisposição), uma grande fome com frequência além de perda de peso. Este tipo não é o mais comum, atingindo apenas carca de 10% de todos os pacientes constatados.

Já a diabetes do tipo 2 tem como característica dois fatores determinantes, o primeiro se dá pela diminuição da produção de insulina pelo corpo e algum defeito na sua ação, o que é chamado de resistência a insulina. Neste caso da doença, o tratamento é feito com medicamentos orais ou injetáveis na maioria dos casos, claro que com o passar do tempo se cuidados não forem tomadas, a doença pode se agravar. Este tipo, é o mais comum entre os diabéticos, atingindo cerca de 90% de todo o total. Os principais sintomas deste estágio se dão por infecções com uma frequência alta, a visão começa a ficar embasada, a recuperação de feridas no corpo tem demora na cicatrização e formigamentos nos pés.

A diabetes gestacional é o tipo mais silencioso da doença, fato muito preocupante pelas mães. O que mais dificulta o diagnóstico e comprovação da doença é que ela é muito silenciosa e dificilmente apresenta sintomas. Por isso podemos relevar a importância das futuras mães em fazer exames periódicos para verificar se tudo está ocorrendo normalmente com a produção de insulina, principalmente entre a semana 24 e 28 de gestação, a importância dos exames vale tanto para a saúde do seu filho, quanto para a sua, por isso não deixe de lado a importância das avaliações médicas nesse período.

 

Como controlar a diabetes Sem Remédios?

Agora que já conhecemos um pouco mais sobre a doença e seus tipos, precisamos saber sobre o mais importante, como a controlar? Os alimentos são fortes aliados nesta missão, e vamos mostra-los o motivo disto. Alimentos de baixo índice glicêmico (Que se caracteriza pelo tempo que ele vai ser absorvido pelo organismo) são muito indicados pelos especialistas, já os alimentos com alto índices glicêmicos são praticamente proibidos pois elevam a glicose no sangue de uma forma muito rápida e promovem picos de insulina, justamente o hormônio que o corpo de um diabético tem mais dificuldade de produzir. Desta forma, o corpo não consegue absorver da maneira correta, com isso ela fica parada na corrente sanguínea do corpo causando a oxidação dos vasos.

Por isso, porque não ajudar o nosso corpo com alimentos simples, porem eficientes, não é mesmo? Vamos dar agora algumas dicas, então preste bem atenção e corra ao mercado mais próximo.

Tratar a Diabetes Sem Remédios

 

 Abacate

O abacate é comprovadamente um excelente alimentos para os portadores da diabetes, o motivo é que a fruta é rica em gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, as duas são muito importantes para a saúde, auxiliando na resistência do organismo a insulina e nas doenças cardiovasculares, ao contrário das gorduras saturadas, que prejudicam o organismo. O abacate é muito importante no tratamento da diabetes para o tipo 1, quanto para o tipo 2. O seu consumo é muito recomendado por todos esses motivos, além de ser uma fruta muito fácil de ser encontrada em qualquer mercado ou feira.

Quantidade diária recomendada – Quatro colheres de sopa de abacate ao dia.

 

Aveia

Este precioso alimento nutritivo é recomendado para pessoas com diabetes do tipo 2, pois ela é rica em fibras solúveis. O nutriente ajuda a diminuir a velocidade da absorção da glicose, evitando assim os tão prejudiciais picos de glicose no corpo, além de ajudar também no controle e absorção do colesterol. A pesquisas de confirmam todos essas recomendações, por isso o consumo deste alimento deve ser incentivado para pacientes diabéticos. Uma dica, procure não aquecer a aveia, pois assim ela perde alguns nutrientes importantes.

Quantidade diária recomendada – Quatro colheres de sopa de aveia ao dia.

O poder dos peixes

Os peixes são alimentos importantes para os diabéticos pois são ricos em ômega 3. Com isso, você pode ter uma qualidade de vida muito maior, sendo mais indicadas a pessoas com diabetes do tipo 2. Então atum, salmão e outros peixes vão favorecer e muito a sua saúde.

Então podemos ressaltar que a expectativa de vida de uma pessoa que cuida da sua alimentação e do quadro de diabete é bem maior do que uma pessoa que não se cuida, portanto, se você sentiu algum sintoma ou está desconfiado de algum fator, procure o médico o mais rápido possível e inicie o treinamento, com o tratamento começando desde cedo, o quadro tende a melhorar muito, então não perca tempo.

Tratamento Natural Para Diabetes